Radiodocumentário

O documentário é um formato pouco utilizado no rádio brasileiro. A informação de aprofundamento, também classificada por Ferraretto como Jornalismo Interpretativo, é normalmente realizada no Brasil através de reportagens, entrevistas e programas de debates. Para uma explicação do que é o documentário radiofônico, utilizo o texto de Diana Condá e Jamile Amine, no trabalho de conclusão de curso desenvolvido no Centro Universitário da Bahia, em Salvador. Segue abaixo:

O rádio-documentário torna possível a utilização de reportagens ampliadas sobre assuntos cotidianos, o desenvolvimento do senso crítico e aguçar o imaginário do ouvinte (FERRARETO, 2001; MCLEISH, 2001). A amplitude do registro jornalístico no documentário radiofônico pode ser reiterada em trabalho apresentado no XXVI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, por Carmem Lúcia José (2003), que classifica a reportagem como gênero mais rico do jornalismo, destacando o potencial de aprofundamento das informações em contraposição ao gênero noticioso. Paul Chantler (1998) ressalta as possibilidades de aprofundamento no rádio-documentário a partir da veiculação de opiniões divergentes. Esta potencialidade é também observada por Carmem Lúcia José. “[…] diferentemente da notícia, [a reportagem] abre espaço para mais de um ponto de vista: as documentações podem ser variadas, diversificadas e múltiplas, podendo incluir e desenvolver os dados que ficaram fora da notícia”. (JOSÉ, 2003, p. 6).
[…] As informações contidas em um documentário vão além do saber imediato do “quê?”, “como?”, “onde?”, “por quê?”, “quando?”, podendo ser aprofundadas através da multiplicidade de fontes, que poderão trazer inúmeras experiências e informações para contextualizar o tema. A elaboração do documentário envolve um trabalho mais rigoroso do que o da apuração e confecção da notícia (YORKE, 1998). Tal produção começa a ser feita na etapa de pesquisa e planejamento, em que são pensados os temas e subtemas a serem abordados no programa, passa por um esboço para definir atividades que serão desenvolvidas pelos integrantes da equipe técnica, é feito um roteiro (script), redação do texto do locutor, gravação das entrevistas, narração e edição do documentário. Ferrareto (2001), teórico do rádio, também destaca a possibilidade de aprofundamento na abordagem dos temas propostos no rádio-documentário.“Baseia-se em uma pesquisa de dados e de arquivos sonoros, reconstituindo ou analisando um fato importante. Inclui ainda, recursos de sonoplastia, envolvendo montagens e a elaboração de um roteiro prévio”. (FERRARETO, 2001, p. 57). […]

O documentário radiofônico Vozes Urbanas é o produto originário do TCC das jornalistas Diana Condá e Jamile Amine, “Trabalhadores do Pregão: informalidade e estratégias persuasivas”, defendido em 2005. Trata do uso de recursos sonoros como estratégia de comunicação pelos trabalhadores do mercado informal de Salvador.

About these ads

7 Respostas para “Radiodocumentário

  1. Esta muito bom, era tudo que eu precisa para ter uma noção do que realmente preciso busca.

    Valeu! E se houver mais dicas para eu produzir um documentario no radio eu agradeço.

    Abraços

  2. O texto está bom, mas acho que falta um pouco mais de informação sobre rádio documentário, explanando um pouco mais sobre os motivos de não ser viavél no Brasil, e ainda existe em diversas regiões da Europa.

  3. Franciéle Rodrigues

    Oi, eu gostaria de saber se a afirmativa de o documentario em radio não ser viável é verídica? E se for , porque não é viável?

  4. Thiago Farias Andrade

    Me interessei muito pelo tema, como posso ter acesso ao trabalho escrito na ínterga e audio do produto final?

  5. Muito bem feito. Tirou-me muitas dúvidas sobre o tema! Parabéns!!

  6. Tem como você mandar as referências bibliograficas? valeu

  7. Olá, me interessei muito pelo tema, como posso ter acesso ao trabalho escrito na ínterga e audio do produto final?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s