Reportagens

Entre os formatos do jornalismo radiofônico, a reportagem é a primeira a permitir um aprofundamento da informação. Ao lançar mão de distintos elementos da linguagem sonora, como a utilização de sons ambientes, de trilhas e de sonoras, correlacionando-os com um texto um pouco mais leve que o texto da notícia, a reportagem permite uma abordagem mais completa do acontecimento. A edição radiofônica é um dos principais instrumentais da reportagem.
Outra característica da reportagem radiofônica é a humanização. No rádio, conversamos com o ouvinte 24 horas por dia. No radiojornalismo, ao abordar um fato de maneira mais detalhada e complexificada, é preferível que tragamos personagens. Essas histórias de vida aproximam a informação do público e tornam os fatos mais comuns ao cotidiano.
As reportagens podem ser abordadas de maneira individual e inseridas no contexto de um programa radiofônico ou de um boletim ou, ainda, uma série. Na série há, normalmente, um encadeamento, um argumento básico que acompanha todos os espisódios e que marca, de maneira um tanto clara, o objetivo da produção.
A rádio Eldorado AM adota essa prática, como é possível observar nas séries de reportagens Os Jovens Quarentões, As Mil Faces do Natal do Século XXI, São Paulo: Capital da Pluralidade, A Cidade que não Anda, Sons de São Paulo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s